Está com dor? Saiba como prevenir as dores musculares

0

Começar uma atividade física não é difícil, mas continuar muitas vezes pode ser. Isso porque muitas pessoas que iniciam um treino acham que obterão resultados rápidos, então pegam pesado logo no início e, no dia seguinte, mal conseguem levantar da cama por conta das dores musculares. Conversamos com o fisioterapeuta Jorge Moratorio e também com o fisioterapeuta e instrutor de Pilates, Raphael Marquiori que nos explicaram a importância de ter uma consciência corporal e não exagerar na hora de se exercitar.

Por que sentimos dores musculares?

Por que sentimos dores musculares?

O acúmulo de ácido láctico durante os exercícios podem criar sensações de queimação nos músculos, podendo desacelerar ou interromper sua atividade

As dores musculares são uma forma de reação do nosso corpo após movimentos corporais mais intensos do que o habitual. Isso acontece, porque ocorrem microlesões nas fibras musculares. As dores aparecem momentaneamente por causa dos ácidos gerados pelo nosso organismo, quando já não temos mais energia para queimar, como explica o Dr. Jorge Moratorio. “As fibras musculares são estruturas muito pequenas e seu conjunto formam o músculo. Ele é um depósito de substâncias ácidas, que são resíduos gerados pelo consumo de outras substâncias (por meio do metabolismo da glicose)”.

Saiba como a alimentação é importante para o seu metabolismo.

Dores musculares

Nosso corpo precisa de energia para gerar movimento, essa energia se chama ATP (Trifosfato de Adenosina). Quando ela acaba, o corpo busca outra forma de combustível para evitar a fadiga durante o exercício físico – consumindo a gordura ou próprio músculo. Quando isso acontece o organismo começa a produzir ácido láctico para você desacelerar até produzir essa energia novamente. O acúmulo desse ácido pode resultar nas dores musculares depois do treino, como esclarece o Dr. Raphael Marquiori. “Pequenas quantidades de ácido láctico operam como fonte temporária de energia, ajudando a evitar a fadiga durante exercícios. Porém, um acúmulo de ácido láctico durante os exercícios podem criar sensações de queimação nos músculos, podendo desacelerar ou interromper sua atividade”.

Como perceber se é dor muscular ou uma lesão?

Como perceber se é dor muscular ou uma lesão?

Dores musculares perduram entre 12 e 24 horas após um esforço físico e em um local bem determinado.

Em busca de resultados imediatos, acreditamos que podemos sempre mais, e acabamos sobrecarregando nosso corpo com treinos pesados. Isso pode ser grave, pois pode virar uma lesão. “Dores musculares perduram entre 12 e 24 horas após um esforço físico e em um local bem determinado. Uma dor com um tempo maior, nos mostra que houve uma lesão de estrutura muscular e/ou articular, acompanhada de um aumento de volume no local conhecido como edema e de coloração escurecida chamado de hematoma”, afirma Moratorio.

Como se exercitar de forma correta?

Como se exercitar de forma correta?

Para diminuir as chances de dores é muito importante fazer um aquecimento e alongamento antes de qualquer prática esportiva, isso aumenta a irrigação sanguínea para os grupos musculares, produzindo a elasticidade das fibras do músculo e um melhor ritmo cardio-respiratório. “Nossos músculos precisam de nutrientes e oxigênio para trabalhar bem e é o sangue que transporta tudo isso para o organismo em geral”, descreve Moratorio.

Dores musculares

Outro cuidado que devemos tomar é em relação a postura, porque ela pode implicar no futuro em dores musculares e diminuição de amplitude ou restrição do movimento. “Uma boa postura pode evitar todos os problemas musculares, articulares e dificuldade de movimentação, inclusive, é possível melhorar a performance para execução de exercícios e auxilia a recuperação em tratamento fisioterapêutico”, diz Marquiori.

Como evitar as dores musculares?

Como evitar as dores musculares?

através de condicionamento físico, as dores com o tempo somem, mas deve-se começar aos poucos e evoluir a intensidade gradativamente para que seu corpo se habitue as novidades

Como diz o ditado: “prevenir é melhor do que remediar”, então, nada como alongar e aquecer antes de qualquer prática física, até mesmo pela manhã quando acordamos. Manter a postura correta em cada exercício para evitar lesões é indispensável. E não para por aí, os  fisioterapeutas acrescentam mais algumas dicas. Raphael Marquiori recomenda: “Mantenha sempre uma boa nutrição, uma dieta balanceada e boa hidratação” e o Jorge Moratorio aconselha que “através de condicionamento físico, as dores com o tempo somem, mas deve-se começar aos poucos e evoluir a intensidade gradativamente para que seu corpo se habitue as novidades”.

E aí? Começou a treinar e desanimou porque foi difícil levantar da cama? Não deixe isso atrapalhar você. Siga nossas dicas e sempre tenha o acompanhamento de um profissional.

Com o Cartão Vale Saúde Sempre você pode fazer consultas com diversos especialistas, além de fazer exames laboratoriais e de imagem a preços muito baixos. Por isso, não deixe de cuidar da sua saúde. Acesse nosso site e saiba mais

Dr. Jorge Moratorio – Fsioterapeuta
Clínica UNIMESP
Rua Dr. Raul da Rocha Medeiros, 138 – Tatuapé.

Dr. Raphael Marquiori – Fsioterapeuta e Instrutor de Pilates
Instituto Phases
Rua Voluntários da Pátria, 2736- Santana- São Paulo- SP

Quer agendar uma consulta na clínica? Entre em contato com a Central de Atendimento Vale Saúde Sempre no 3003-0256

Compartilhar.

Sobre o autor

Deixe uma resposta